TJDFT abre inscrições para palestras da XIX Semana Nacional pela Paz em Casa

por CS — publicado 2021-11-12T15:15:00-03:00

Tela de apresentação Décima Nona Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa. Webinar: Da Criminologia Feminista ao Processo Penal Feminista: novas epistemologias para uma vida livre de violência - dia 25 de novembro, das 9 horas às 11 horas, transmissão pelo YouTube TJDFTOficial - Foto da Professora Doutora Soraia da Rosa Mendes, Advogada Pós-Doutora em Teorias Jurídicas Contemporâneas. Foto da Mediadora Juíza de Direito Luciana Lopes Rocha, Coordenadora do Núcleo Judiciário da Mulher - NJM/TJDFT. Assinatura: Escola de Formação Judiciária e Núcleo Judiciário da Mulher NJM/TJDFT. Fundo verde claro com a imagem em marca d'água de uma mulher com mão estendida à frente.Estão abertas as inscrições para o Webinar da Criminologia Feminista ao Processo Penal Feminista: novas epistemologias para uma vida livre de violência. O evento acontece no dia 25/11, às 9h, e integra a programação da XIX Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa. A transmissão será ao vivo pelo canal do TJDFT no YouTube. As inscrições vão até o dia 23/11. Acesse o link abaixo e inscreva-se. 

A Juíza Luciana Lopes Rocha, titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar de Taguatinga e coordenadora do Núcleo Judiciário da Mulher – NJM/TJDFT, fará a mediação da palestra, que tem como convidada a advogada criminalista especialista em direitos das mulheres e professora do Uniceub Soraia da Rosa Mendes. 

A palestrante é pós-doutora em Teorias Jurídicas Contemporâneas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, consultora da Comissão Nacional de Direitos Humanos e da Comissão Especial de Proteção dos Direitos dos Povos Indígenas, ambas do Conselho Federal da OAB e autora dos livros Criminologia Feminista: novos paradigmas; Processo Penal Feminista; e Pacote Anticrime: comentários críticos à Lei 13.964/2019

O webinar tem como objetivo impulsionar novas práticas do sistema de justiça em relação à violência de mulheres e meninas, a partir da apresentação do percurso teórico entre a criminologia feminista até o processo penal feminista. Além disso, proporcionar aos participantes uma visão panorâmica do quadro teórico das ciências criminais, de modo que seja aplicável à prática cotidiana do trabalho relacionado à violência de gênero.

O enfrentamento à violência doméstica é uma luta de toda a sociedade e pode começar por você.

Acessibilidade (Links úteis):

Inscrições para o Webinar da Criminologia Feminista ao Processo Penal Feminista (público externo)

Inscrições para o Webinar da Criminologia Feminista ao Processo Penal Feminista (público interno)