Ouvidor-Geral do TJDFT participa de encontro de Ouvidorias Judiciais no TJSP

por ACS — publicado 2022-06-24T10:54:00-03:00

Audiodescrição: foto de membros da mesa de abertura do eventoO Ouvidor-Geral do TJDFT, Desembargador Josaphá Francisco dos Santos, e a Secretária da Ouvidoria-Geral, a servidora Marília Barbosa de Barcelos, participaram nessa quinta-feira e sexta-feira, 23 e 24/6, do IV Encontro de Ouvidores Judiciais, sediado no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP). O evento tem como objetivo tratar da valorização e aperfeiçoamento das Ouvidorias Judiciais, sobretudo no contexto de mudanças impulsionadas pela Resolução 432 do Conselho Nacional da Justiça.  

Na abertura, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Paulo Dias de Moura Ribeiro, falou sobre o papel e a importância da Ouvidoria nas cortes superiores. Já a desembargadora Ligia Cristina de Araújo Bisogni, Ouvidora do TJSP, destacou que o papel das ouvidorias é contribuir para o aprimoramento dos processos e serviços.  Em matéria no site do TJSP, a magistrada afirmou:  “Temos como objetivo assegurar a confiança do cidadão e estar presente para ouvi-lo, objetivando o aperfeiçoamento do nosso trabalho, em constante avaliação das práticas adotadas, bem como, não somente conhecer sobre eventuais irregularidades, mas identificar os setores que merecem reconhecimento e poderão servir como exemplo e modelo para adoção de novas práticas”. 

Durante o evento, também foi realizada a II Reunião da Rede de Ouvidorias Judiciais com o Ouvidor Nacional do Conselho Nacional de Justiça, conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Melo Filho. 

Audiodescrição: foto de todos os participantes do encontroNa sequência, representantes do Colégio Nacional de Ouvidores Judiciais (COJUD) também se reuniram para discutir uma das principais finalidades do órgão, que é divulgar as ouvidorias judiciais como instrumentos de promoção da cidadania e de aprimoramento democrático da gestão do Poder Judiciário. 

Encontro reuniu Ouvidores Judiciais de 90 Tribunais do país, tratando-se de um dos maiores eventos do Judiciário nacional.  O COJUD foi fundado em 2015, com o objetivo de promover o intercâmbio de experiências funcionais e melhores práticas entre as ouvidorias. 

Integram o colégio os ouvidores dos Tribunais de Justiça, dos Tribunais Regionais Federais, dos Tribunais de Justiça Militar, do Superior Tribunal Militar e, agora, o do STJ.