AMHPDF

A Associação dos Médicos de Hospitais Privados do Distrito Federal – AMHPDF é uma associação com muitos médicos, e uma grande parte dos atendimentos médicos pelo Pró-Saúde, inclusive procedimentos, são faturados pela AMHPDF, que é uma prestadora do Pró-Saúde.

Para consultar a rede de conveniados da AMHPDF, clique aqui ou ligue  (61) 3252-5050.

Qualquer reclamação sobre atendimentos na rede conveniada da AMHPDF, deverá ser realizada por meio do e-mail SERCRE@tjdft.jus.br, que acionará a AMHPDF.

 

Onde o beneficiário pode autorizar exames, tratamentos, cirurgias e internações?

Em regra, na Perícia Médica do Pró-Saúde (Bloco A, Sala 416), SERMED e Postos de Serviços de Saúde dos Fóruns, quando o procedimento não for cirúrgico, não necessitar de GE e não for para medicamento de alto custo, inclusive os quimioterápicos.

 

Somente poderão ser autorizados na Perícia Médica do Pró-Saúde (Bloco A, Sala 416):

Procedimentos em que sejam necessários emissão de Guias de Encaminhamento para: Despesas hospitalares, Honorários do Cirurgião, Honorários do Cirurgião auxiliar e Honorários do anestesista.

Medicamentos de alto custo, inclusive os quimioterápicos.

 

A autorização poderá ser solicitada por uma pessoa de confiança do beneficiário?

Sim. Entretanto, o médico poderá exigir a presença do paciente, caso avalie ser necessário.

 

Qual é o prazo para o pedido ser autorizado?

Até 90 dias da data do pedido.

 

A autorização pode ser revalidada?

Sim, em até 90 dias da data do pedido.

 

Qual a validade da autorização?

30 dias.

 

Quando há necessidade de GE (Guia de Encaminhamento)?

Em regra, quando há procedimento cirúrgico e internação.

 

O que fazer com as GEs (Guias de Encaminhamento)?

Entregá-las ao hospital ou clínica em que o beneficiário realizará os procedimentos.

 

A partir do momento em que o hospital encaminhar ao Pró-Saúde a relação das OPMEs que serão utilizadas nas cirurgias eletivas (agendadas), qual o prazo para o Pró-Saúde autorizá-las?

O prazo é de cinco dias úteis.

 

Quando a cirurgia for de emergência, haverá análise das    OPMEs utilizadas na cirurgia pela perícia médica?

Sim, após a realização do procedimento. Entretanto, haverá maior dificuldade de negociação pelo Programa, o que em regra faz com que as cirurgias de emergência tenham valores mais altos em relação às cirurgias similares eletivas (agendadas).