Custas STF

De acordo com o normativo que rege as custas do STF, o porte de remessa e retorno dos autos não será exigido quando se tratar de recursos interpostos junto aos tribunais sediados em Brasília, salvo quando forem utilizados os serviços da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

Para mais informações sobre o recolhimento de custas para o STF, no sítio do Supremo Tribunal Federal na internet, endereço http://www.stf.jus.br.Lá estão todas as informações necessárias para emissão da guia.

Para emissão de GRU Cobrança do STF clique aqui.